Conteúdo da Notícia

Corregedoria promove capacitação sobre ferramenta que otimiza os procedimentos cartoriais

Um total de 448 cartorários, entre titulares e interinos, foram capacitados, nesta quinta-feira (28/07), para manuseio do Sistema de Correição e Inspeção (SCI) – Módulo Conformidade. O treinamento, que ocorreu de forma híbrida (presencial e virtual), foi promovido pela Corregedoria-Geral da Justiça do Ceará. O uso da plataforma é obrigatória para a realização, controle e monitoramento de inspeções extrajudiciais ordinárias no Estado, para otimizar eficácia dos procedimentos.

A capacitação foi aberta pelo juiz auxiliar da Corregedoria, supervisor do Extrajudicial, Luís Gustavo Montezuma. Ele explicou que o Sistema foi “pensado e trabalhado desde 2019, e aprimorado para ser obrigatório o uso da ferramenta neste ano, a partir do mês de agosto. O curso qualifica os profissionais para operar o Sistema, e assim, facilitar o fluxo de informações entre os cartórios, juízes corregedores permanentes e Corregedoria”.

Durante a capacitação, os cartorários conheceram detalhes teóricos e práticos do acesso ao SCI e suas funcionalidades, bem como as regras e padrões utilizados pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). Também foi aberto o espaço para o esclarecimento de dúvidas. O curso foi ministrado pelo coordenador do projeto, o analista judiciário da Secretaria de Tecnologia do TJCE (Setin), Jaime Correia; e pela coordenadora de Fiscalização de Unidades Extrajudiciais da Corregedoria, Tatiana Ribeiro Araújo.

A cartorária Juliana Antonello, titular de cartório da Comarca de Itapiúna, destacou que o curso dará mais efetividade e segurança às inspeções. “Poderemos avaliar e perceber algumas irregularidades que possam aparecer, para que o serviço extrajudicial seja realizado com mais eficácia e excelência, com a finalidade de prestarmos um melhor serviço à sociedade”.

A Corregedoria-Geral da Justiça do Ceará é um órgão do Poder Judiciário que exerce a fiscalização, orientação e aprimoramento dos serviços judiciais e extrajudiciais prestados à sociedade, bem como zela pela regular conduta dos juízes, servidores e cartorários.