Conteúdo da Notícia

Corregedor-geral institui comitê para apreciar pleitos de entidades representativas

Com a finalidade de apreciar pleitos requeridos por entidades representativas de classes de magistrados, delegatários de serviços extrajudiciais (cartorários) e servidores do Poder Judiciário junto à Corregedoria-Geral da Justiça do Ceará, o desembargador Teodoro Silva Santos, corregedor-geral, instituiu o Comitê de Demandas Específicas.

“Queremos imprimir rapidez e presteza ao processamento de demandas provenientes dessas entidades de classe. Nosso foco está alinhado ao programa de celeridade do Tribunal de Justiça do Estado, inserido no Plano Estratégico do Poder Judiciário”, disse o desembargador.

O Comitê é presidido pelo corregedor-geral e composto pelos juízes corregedores auxiliares, Demétrio Saker Neto e Fernando Teles de Paula Lima; pela diretora-geral da Corregedoria, Rafaella Lopes; pelos gerentes do órgão, Adauto Lúcio Uchoa Couto (Administrativa), José Joaquim Neto Filho (Correição e Apoio às Unidades Extrajudiciais) e Expedito de Oliveira Leite Filho (Correição e Apoio às Unidades Judiciárias); e pela assessora de Projetos Internos, Ana Flávia de Queiroz Coelho.

As reuniões do grupo serão designadas de comum acordo com seus integrantes, sempre que tramitar na Corregedoria alguma solicitação das unidades acima mencionadas.

A medida consta na Portaria nº 27/2019, publicada no Diário da Justiça nessa segunda-feira (1º/04).