ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

CERTIDÃO

Certifico, para os devidos fins, que, nesta data, a Sra. , genitora/responsável do(a) menor , embora comparecendo a este Juízo, em virtude do 1º Mutirão do Projeto Pai Presente, institucionalizado pelo Conselho Nacional de Justiça - CNJ, através dos Provimentos nº 12 e 26, deixa de requerer a averiguação oficiosa de paternidade, pela seguinte motivação:

  • (    ) Não tem indícios de quem seja o genitor;
  • (    ) O suposto pai é falecido;
  • (    ) Não tem conhecimento do atual paradeiro do genitor;
  • (    ) Já possui paternidade reconhecida;
  • (    ) Possui ação de investigação de paternidade em trâmite;
  • (    ) Outra motivação .

Fortaleza, 24 de maio de 2018.

Juiz(a) de Direito