Conteúdo da Notícia

“Servir à Justiça é um dom divino”, destaca corregedor-geral durante abertura de inspeção

“Servir à Justiça é um dom divino. Nós do Poder Judiciário estamos aqui para distribuir Justiça social para aqueles que precisam, para a sociedade mais carente. Por isso, devemos dar uma maior assistência a esses cidadãos”, declarou o corregedor-geral da Justiça, desembargador Francisco Darival Beserra Primo, durante abertura dos trabalhos de inspeção, na manhã desta segunda-feira (27/06), na 13ª Vara da Família da Comarca de Fortaleza, localizada no Fórum Clóvis Beviláqua. O corregedor reuniu-se com o juiz titular da unidade, Auro Lemos Peixoto Silva, e com toda a equipe da vara, para dar esclarecimentos sobre a fiscalização.

Na ocasião, o corregedor destacou a importância da produtividade para o bom andamento da prestação jurisdicional. “Cada um de nós que trabalhamos no Judiciário precisamos ser multiplicadores. Só mudaremos a realidade social deste País através do trabalho”, disse.

Concordando com as palavras do desembargador Darival Beserra, o juiz Auro Lemos parabenizou o trabalho de fiscalização da Corregedoria e afirmou que “está empenhado em fazer o que for possível para melhorar o cenário institucional do Judiciário cearense. A sociedade, sobretudo os mais carentes, necessita de uma melhor Justiça”.

Também estavam presentes o diretor do Fórum, juiz José Ricardo Vidal Patrocínio e os juízes auxiliares da Corregedoria, Ernani Pires Paula Pessoa Júnior, Roberto Soares Bulcão Coutinho, Flávio Vinícius Sousa Bastos e Francisco Gladyson Pontes Filho.

MAIS INSPEÇÕES

O corregedor-geral instituiu, por meio das Portaria nº 40 e 41/2018, publicadas no Diário da Justiça dessa segunda-feira (25/06), o ciclo de inspeções judiciais para agosto, setembro e outubro deste ano. O objetivo é fiscalizar a produtividade das unidades judiciárias da Capital e do Interior.