Conteúdo da Notícia

Mutirão processual em Senador Pompeu movimenta 1.816 processos

 

Mutirão realizado pela Corregedoria Geral da Justiça do Ceará na Vara Única da Comarca de Senador Pompeu, distante 287 km de Fortaleza, movimentou 1.816 processos em cinco dias. Os trabalhos foram supervisionados pelo Corregedor Geral, Desembargador Francisco Sales Neto.

Foram proferidas 555 sentenças cíveis, 137 sentenças criminais, 796 despachos cíveis, 199 despachos criminais e 129 decisões interlocutórias. A força-tarefa começou no último dia 07 e se estendeu até sexta-feira (11/07). A iniciativa teve o objetivo de reduzir o acervo processual na Unidade Judiciária, que se encontra, desde outubro de 2011, sem juiz titular. O magistrado Fabiano Damasceno Maia, titular da 3ª Vara de Quixadá, responde pela Comarca.

Participaram do mutirão os juízes Josué de Sousa Lima Júnior (1ª Vara de Iguatu); Larissa Braga Costa de Oliveira (Cariús); Ricardo Alexandre Silva Costa (Juizado Especial de Iguatu); Roberto Nogueira Feijó (juiz auxiliar da 3ª Zona de Quixadá); e Fabrícia Ferreira de Freitas (1ª Vara de Quixeramobim).

Também os magistrados Katherine Martins da Costa (2ª Vara de Santa Quitéria); Fabiano Damasceno Maia (3ª Vara de Quixadá); Hyldon Masters Cavalcante Costa (juiz auxiliar da 2ª Zona Judiciária); Ana Célia Pinho Carneiro (Parambu); Paulo Santiago de Andrade Silva e Castro (Pedra Branca); Luciano Nunes Maia Freire (3ª Vara de Tauá); Fabrício Vasconcelos Mazza (2ª Vara de Quixeramobim) e Ana Cláudia Gomes de Melo (2ª Vara de Quixadá).