Conteúdo da Notícia

Juiz da Corregedoria-Geral supervisionará trabalhos da Comissão de Acessibilidade do Judiciário

O corregedor-geral da Justiça do Ceará, desembargador Teodoro Silva Santos, nomeou o juiz auxiliar da Corregedoria, Francisco Gladyson Pontes Filho, para supervisionar os trabalhos da Comissão de Acessibilidade e Inclusão do Poder Judiciário do Estado, durante o biênio 2019/2021. A medida consta na Portaria nº 6/2019, publicada no Diário da Justiça da terça-feira (05/02).

O grupo foi criado em setembro de 2016, com o objetivo de aprimorar o atendimento e o acesso do cidadão à Justiça. A Comissão é responsável pela fiscalização, planejamento, elaboração e acompanhamento de projetos arquitetônicos de acessibilidade.

A Comissão é composta por magistrados, representantes das Secretarias de Gestão de Pessoas (que coordena as atividades), de Administração e Infraestrutura, de Tecnologia da Informação, além da Assessoria de Comunicação do TJCE e de um representante do Fórum Clóvis Beviláqua. Também conta com a participação de servidores com deficiência.

OUTRAS INDICAÇÕES

O desembargador Teodoro Silva designou ainda os juízes corregedores auxiliares Demétrio Saker Neto, para exercer as funções de ouvidor da Corregedoria-Geral; Fernando Teles de Paula Lima, para presidente da Comissão de Revisão e Atualização do Regimento Interno da Corregedoria; e Ernani Pires Paula Pessoa Júnior, para compor a Comissão de Segurança Permanente do Poder Judiciário cearense.