Conteúdo da Notícia

Corregedoria implantará sistema para verificar a eficiência de juízes e unidades judiciárias

A partir do primeiro semestre de 2017, a Corregedoria Geral da Justiça do Ceará passará a contar com um sistema capaz de verificar a eficiência de magistrados e unidades judiciárias do Ceará, o “Eficiência.jus”. A ferramenta, já desenvolvida, está em fase de validação para poder ser implementada.

O sistema disponibilizará relatórios gerenciais por unidade, comarca, competência e entrância, dos quais poderão ser extraídos, mediante gráficos de evolução e tabelas, subsídios para avaliação do fluxo processual, estoque e produção do magistrado e sua unidade.

O “Eficiência.jus” tem por base a metodologia Análise Envoltória de Dados (DEA), que permite a comparação entre as unidades produtivas que utilizam os mesmos tipos de insumos para obtenção dos bens e serviços, gerando índices de eficiência relativa.

De acordo com o juiz auxiliar da Corregedoria e coordenador da implantação do sistema nas unidades, Demétrio Saker Neto, “a iniciativa é de grande relevância, sobretudo pelo fato de que as comparações procedidas irão considerar apenas juízes e unidades da mesma natureza ou competência judicial”, explica.

O magistrado apresentou a nova ferramenta, no último dia 4, no 4º Fórum de Tecnologia da Informação e Comunicação no Judiciário, em Sergipe, juntamente com o diretor do Departamento de Informações Gerenciais da Secretaria de Planejamento do Tribunal de Justiça do Ceará (Seplag-TJCE), Sérgio Mendes de Oliveira.

O “Eficiência.jus” foi desenvolvido em parceria com o Instituto de Estudos, Pesquisas e Projetos da Universidade Estadual do Ceará (Uece).