Conteúdo da Notícia

Cinco juízes com maior produtividade no Ceará recebem Medalha do Mérito Jurisdicional

A Corregedoria Geral da Justiça do Ceará homenageou cinco juízes com a Medalha do Mérito Jurisdicional Desembargador Carlos Facundo. A solenidade ocorreu na tarde desta sexta-feira (26/02), no Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), e foi conduzida pelo corregedor-geral de Justiça, desembargador Francisco Lincoln Araújo e Silva.
“Este reconhecimento objetiva valorizar e ressaltar o trabalho diário e contínuo da magistratura cearense, neste momento, representada pelos juízes homenageados”, declarou o corregedor.
O desembargador também enalteceu a disposição dos magistrados no desempenho de suas atividades. “A entrega desta medalha representa o empenho de nossos juízes no ano de 2015, na busca pela efetividade da garantia constitucional à celeridade processual, mesmo diante de dificuldades operacionais. Sei que não foram poucos os esforços empreendidos pelos escolhidos, mas, com o admirável empenho e cooperação de suas equipes de trabalho, foi possível sobrepujarem os obstáculos e garantirem a sociedade efetiva prestação jurisdicional”.
Na ocasião, o corregedor ressaltou a trajetória de vida do desembargador Carlos Facundo, patrono da Medalha, que faleceu em agosto de 2014. “A premiação é também uma homenagem ao desembargador Carlos Facundo, magistrado destacado, homem reto e competente, que foi corregedor da Justiça, durante os anos de 1995 a 1997, cargo que desempenhou com bastante eficiência, onde realizou um trabalho que até hoje é lembrado e reconhecido por todos”, disse.
A condecoração foi entregue aos juízes que se destacaram, nos últimos doze meses, pelos critérios de produtividade, número de sentenças proferidas e presteza nas informações enviadas à Corregedoria. Os magistrados foram escolhidos por comissão composta pelo corregedor-geral e juízes corregedores auxiliares e secretariada pela diretora-geral da Corregedoria, Rafaella Lopes Ferreira.
AGRACIADOS
Receberam a honraria os juízes Maria Tereza Farias Frota (Entrância Inicial); Luciano Nunes Maia Freire (Entrância Intermediária); Andréa Mendes Bezerra Delfino (Entrância Final); Ângelo Bianco Vettorazzi (Juizado Especial de Entrância Intermediária); e Fátima Maria Rosa Mendonça (Juizado Especial de Entrância Final). A relação dos agraciados foi publicada no Diário da Justiça de 16 de fevereiro.
A magistrada Andréa Mendes Bezerra Delfino falou em nome dos homenageados. “A homenagem que hoje recebemos é o resultado de uma generosa avaliação da Corregedoria da Justiça, que julgou sermos merecedores como continuadores deste gigantesco esforço de melhorarmos sempre a gestão do Judiciário, que redunde em uma melhor prestação jurisdicional ao povo cearense”.
Participaram da solenidade o vice-presidente do TJCE, desembargador Francisco de Assis Filgueira Mendes, representando a presidente, desembargadora Iracema Vale; o desembargador aposentado José Eduardo Machado de Almeida; os juízes José Maria dos Santos Sales (diretor do Fórum Clóvis Beviláqua); Cléber de Castro (da 16ª Vara da Família de Fortaleza); Antônio de Pádua (em respondência no TJCE); além de Ilza Landim Facundo, viúva do desembargador Carlos Facundo, servidores e familiares dos agraciados. Na ocasião, o coral do Poder Judiciário entoou o Hino Nacional, com acompanhamento de violino e teclado.
MEDALHA
A Medalha do Mérito Jurisdicional foi instituída por meio do Provimento nº 10/2015, da Corregedoria Geral da Justiça. A condecoração vem sendo realizada desde 2006, à época da gestão do desembargador João de Deus Barros Bringel, com a finalidade de prestigiar magistrados e servidores da Justiça que mais se destacaram no desempenho de suas atividades.

foto medalha
Foto medalha 2
foto medalha 4
foto medalha 3
foto Medalha 5