Conteúdo da Notícia

4ª Vara de Sucessões de Fortaleza passa por inspeção judicial

A Corregedoria-Geral da Justiça do Ceará iniciou, nessa quinta-feira (18/01), inspeção na 4ª Vara de Sucessões de Fortaleza, localizada no Fórum Clóvis Beviláqua. O corregedor-geral, desembargador Francisco Darival Beserra Primo, reuniu-se com os servidores da unidade para informar acerca dos motivos que levaram à fiscalização e dar esclarecimentos sobre a finalidade do trabalho e os procedimentos que serão adotados.

“O nosso objetivo é ver quais são as carências, as deficiências, as dificuldades que a Vara está passando, para corrigir esses senões. Os processos de sucessões, principalmente os casos mais simples, como esses dos alvarás que envolvem pequenos valores de pessoas mais humildes, precisam ser resolvidos de forma também simples, com objetividade e rapidez. Não podemos admitir que haja morosidade da Justiça em garantir que as pessoas recebam aquilo a que têm direito”, ressaltou o corregedor-geral durante a abertura dos trabalhos.

A juíza titular da unidade, Rosália Gomes dos Santos, não compareceu, por estar em período de férias, e o magistrado que está respondendo pela Vara, juiz Sérgio Girão Abreu, também esteve ausente da reunião. Participaram o juiz diretor do Fórum, José Ricardo Vidal Patrocínio, e os juízes auxiliares da Corregedoria, Ernani Pires Paula Pessoa Júnior, Flávio Vinicius Bastos Sousa e Henrique Lacerda de Vasconcelos.

Após a conclusão das atividades, será apresentado ao Conselho Superior da Magistratura relatório circunstanciado instruído, em que constará o resumo de todo o trabalho desenvolvido e providências a serem adotadas.
A Corregedoria-Geral é um órgão do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) que tem competência para fiscalizar, orientar e aprimorar os serviços judiciais e extrajudiciais prestados à população, bem como zelar pela regular conduta dos juízes e servidores.